Especial Islã.

Bom Dia/Tarde/Noite, meus IIr.’.

Salam aleikom,

Eventualmente no Blog, postarei material especial sobre as principais religiões do planeta, quer para ajuda ao Ir.’. no preparo de algum Trabalho ou P.’. de Arq.’., quer para simples conhecimento. Confesso que conhecia muito pouco, e o interesse pelo assunto foi despertado por causa de conversas entusiasmadas com alguns IIr.’. . Sei que como eu, muitos têm interesse no assunto, mas não dispõem de tanto tempo para pesquisar. Portanto, aqui vai uma contribuição singela. Primeiramente, um artigo sobre como funciona uma mesquita. A seguir,

Espero que os IIr.’. apreciem.

Um T.’. F.’. A.’. e

Inté de repente!

Sidney

Artigo:

Você já viu uma mesquita por dentro?

Segundo a Federação Islâmica Brasileira, existem cerca de 1,5 milhões de muçulmanos em nosso país. Apesar disso, é difícil encontrar algum cristão que já teve a curiosidade de entrar em uma mesquita, o templo islâmico. Você já esteve em uma? Se não, acompanhe o nosso guia de visitas para um dia em uma mesquita.

Ao entrar em uma mesquita, é costume tirar os sapatos e colocá-los na prateleira na entrada, ao lado da porta. Isso é feito não apenas por respeito, mas para evitar sujar o piso do salão de orações. Este é um espaço amplo que não tem cadeiras ou bancos, apenas fileiras de tapetes. Os tapetes, por sua vez, são alinhados em direção à cidade de Meca, na Arábia Saudita, considerada Santa pelos Islâmicos.

Mesquitas de grande porte, geralmente, ficam abertas o dia todo. Mas as menores abrem apenas uma hora antes de cada oração obrigatória, ou Fard. Os homens devem comparecer às cinco Fard do dia, e cada uma tem um nome. São elas: antes do nascer do sol (Fajr), ao meio-dia (Asr), à tarde (Dhuhr), após o pôr do sol (Magreb) e após o anoitecer (Isha’a). Nas sextas-feiiras, dia sagrado para os muçulmanos, há uma oração extra (Juma’a).

O Alcorão não proíbe as religiosas do sexo feminino de entrar nas mesquitas, mas existem certas regras que regem a interação entre homens e mulheres. Elas devem fazer suas preces em uma câmara separada, mas de onde também possam ver o Imam (líder congregacional). Em mesquitas muito grandes, o Imam é mostrado a elas pela televisão. As interpretações mais radicais do Alcorão, contudo, preferem que elas façam seu culto em casa.

Antes de rezar, é costume realizar um ritual de purificação (chamada wudu), lavar as orelhas, rosto, mãos, antebraços e pés. Mesquitas grandes, geralmente, têm banheiros reservados para esta finalidade, com uma grande fonte central circundada por bancos pequenos. Em ambos os casos, as instalações estão normalmente localizadas no pátio. É claro que homens e mulheres realizam a purificação separadamente.

Uma vez iniciados os trabalhos, os adoradores realizam dois ciclos de oração, na seguinte sequência: de pé, ajoelhado e prostrado. Entre a porta e o púlpito onde fica o Imam, há uma estrutura chamada Minbar, uma espécie de escada pela qual ele caminha. Perto da Minbar há um marcador no teto, chamado mihrab. Este anexo indica a direção da Caaba, o prédio em forma de cubo localizado em Meca, que é o local mais sagrado no Islã. Todas as mesquitas são construídas de frente para a Caaba, de forma que os muçulmanos sabem facilmente para onde se direcionar.

O salão de oração

O salão das orações, também conhecido como musalla, não possui mobiliário. As cadeiras e os bancos estão ausentes do local, de modo a permitir que o maior número de crentes o possam ocupar. Ao contrário de outros locais de culto, as imagens de pessoas, de animais e de figuras religiosas não existem no salão, devido à oposição do islão à representação da figura humana e por se considerar que os muçulmanos devem fixar a sua atenção em Deus. é geralmente decorado com escritos do Alcorão. Prateleiras forradas de livros sobre a filosofia islâmica, teologia e direito, juntamente com as coleções de provérbios e tradições do profeta Maomé, são características comuns de qualquer mesquita. As cópias do Alcorão também são disponibilizadas para os fiéis, juntamente com pequenos cavaletes de madeira, fornecidos para que os leitores não apóiem o livro sagrado no chão.

Cada mesquita tem um lugar para o zakat (caridade), onde os muçulmanos podem doar dinheiro para ajudar os pobres ou apoiar a mesquita. Além de centros de orações, as mesquitas podem funcionar como sede para reuniões de renascimento espiritual e educação de adultos (chamada de halaqa). Muitas mesquitas sustentam uma escola (madraçal) anexa à construção, na qual as crianças aprendem as tradições, as leis, os livros sagrados dos profetas do Islã e a língua árabe.

Fonte: HypeScience, Wikipédia

E-books:

A seguir alguns títulos islâmicos publicados em língua portuguesa

Volume I
Islam em seus princípios

De Autoria do Sheikh Taleb Hussein Al-Khazraji

Os Princípios e regulamentos do Islam;
A última das Mensagens Celestiais;
Os Anúncios Proféticos;
O último Livro Celestial;
O Selo dos Profetas e dos sucessores.

Para baixar este livro clique aqui.

Volume II
O Mensageiro do Islam e os Ahlul Bait

De autoria do
Sheikh Taleb Hussein Al-Khazraji

O papel da religião na vida;
A importância da liderança no Islam;
A grandiosidade do Profeta do Islam
e os Ahlul Bait;
A diversidade de suas funções
com o mesmo objetivo;
Suas vidas, tradições e eternos conselhos.

Para baixar este livro clique aqui.

Volume III
A Oração no Islam

De Autoria do
Sheikh Taleb Hussein Al-Khazraji

A importância da oração no Islam;
Os ditos sobre a oração;
A Recompensa de quem pratica e o castigo de quem a negligencia;
A sua forma, condições, partes e outros;
Qual o significado da purificação;

Para baixar este livro clique aqui.

Volume IV
O Tratado dos Direitos

De Autoria do
Imam Ali Zeinol Abedeen (A.S.)

Páginas iluminadas da vida do Imam Ali ibnol Hussein “Zainol Abedeen”;
Moral, valores e ética;
Os Direitos Justos impostos pelo Islam;
Tudo que está ligado ao ser humano, direitos e obrigações;
O Tratado dos Direitos, nunca antes existido;

Para baixar este livro clique aqui.

Volume XIII
Lições do Alcorão Sagrado

De autoria do Líder da Revolução Islâmica
Ayatullah Al-Odhma Assayed Ali al-Hussaini al-Khamanei.

O último livro celestial;
A unicidade de Deus, glorificado seja;
O papel dos profetas no aperfeiçoamento humano;
Os Imames e os sucessores na continuidade da missão divina;
A autoridade divina na terra.

Para baixar este livro clique aqui.

Fraternidade do àgape:

HUNKAR BEGENDI

HUNKAR BEGENDI

INGREDIENTES

6 berinjelas de tamanho médio
100g de manteiga
70g de queijo kaser ou parmesão ralado
40g de farinha de trigo
1/2 litro de leite
Noz-moscada em pó
Sal

MODO DE PREPARO

Grelhe a berinjela de ambos os lados. Deixe tostar. Tire a casca e mergulhe em uma vasilha com água e sal. Deixe por 1 hora e escorra bem. Aperte entre as mãos e pique bem miúdo. Derreta metade de manteiga e junte farinha mexendo bem. Quando estiver dourada, adicione o leite aos poucos e mexa. Acrescente a berinjela e deixe ferver por 20 minutos em fogo brando mexendo sempre. Antes de desligar o fogo, junte o queijo, o resto da manteiga e 1 pitada de noz-moscada. Prove o tempero e sirva.

Dicas

Substitua a berinjela por pimentão ou abobrinha.

Tempo de Preparo

1:30- Rendimento : 6 porções

Coluna da Harmonia:

O arquivo disponibilizado conta apenas com vocal, não há instrumentos, mesmo assim,  musicalidade é impar. Muito bonito.

clique aqui para download: http://www.4shared.com/video/_KL0-tm6/Al-Mehrajan_Al-Ensaadi_5_-_01_.html

Sobre omeganeo

"Três coisas agradam a todo o mundo: gentileza, frugalidade e humildade. Pois os gentis podem ser corajosos, os frugais podem ser liberais e os humildes podem ser condutores de homens."
Esse post foi publicado em coluna da Harmonia, DIFUSÃO DE CULTURA, Esotérico, Fraternidade do àgape, Livros, RELIGIÃO e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s